quarta-feira, 15 de junho de 2011

Receita paga nesta quarta 1º lote de restituições do IR

Impostos Receita paga nesta quarta 1º lote de restituições do IR A Receita Federal paga nesta quarta-feira as restituições relativas ao 1º lote do Imposto de Renda 2011. Ao todo, serão depositados 2 bilhões de reais para o pagamento a 1,55 milhão de contribuintes. As restituições referentes ao 1º lote dos exercícios de 2011, 2010, 2009 e 2008 serão creditadas por meio de depósito bancário, na conta corrente que consta na declaração. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet ou ligar para o telefone 146. O contribuinte pode acompanhar o processamento de sua declaração, verificar pendências e corrigir dados incorretos diretamente no site da Receita. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deve contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento da Receita para agendar o crédito em seu nome, em qualquer banco. O dinheiro ficará disponível no banco para saque durante um ano. Caso não retire a restituição nesse prazo, o contribuinte deverá requerê-la por meio do Formulário Eletrônico disponibilizado no site da Receita. O dinheiro relativo às restituições de 2011 (ano-base 2010) será creditado com correção de 1,99%, relativa à taxa básica de juros, a Selic, no período de maio a junho. Nos demais anos, a correção pode chegar a 32,67%. A Receita Federal paga nesta quarta-feira as restituições relativas ao 1º lote do Imposto de Renda 2011. Ao todo, serão depositados 2 bilhões de reais para o pagamento a 1,55 milhão de contribuintes. As restituições referentes ao 1º lote dos exercícios de 2011, 2010, 2009 e 2008 serão creditadas por meio de depósito bancário, na conta corrente que consta na declaração. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet ou ligar para o telefone 146. O contribuinte pode acompanhar o processamento de sua declaração, verificar pendências e corrigir dados incorretos diretamente no site da Receita. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deve contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento da Receita para agendar o crédito em seu nome, em qualquer banco. O dinheiro ficará disponível no banco para saque durante um ano. Caso não retire a restituição nesse prazo, o contribuinte deverá requerê-la por meio do Formulário Eletrônico disponibilizado no site da Receita. O dinheiro relativo às restituições de 2011 (ano-base 2010) será creditado com correção de 1,99%, relativa à taxa básica de juros, a Selic, no período de maio a junho. Nos demais anos, a correção pode chegar a 32,67%. 

Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes: